Month: Julho 2012

CINEMA AO AR LIVRE // 25 e 26 JULHO

BANKSY Pinta a Parede!
As nossas avós sempre disseram: “mais vale tarde do que nunca”. Mesmo quando se trata do tão badalado documentário do Banksy , mítico artista urbano britânico, que, só agora, passado mais de um ano de ter sido lançado internacionalmente e de uma nomeação para o Óscar de Melhor Documentário.
É um documentário assinado pelo mítico artista de rua Banksy, que traça a história de um movimento, a street culture . O documentário segue vários artistas, alguns dos quais considerados hoje estrelas, entre os quais o próprio Banksy, que apesar do anonimato é um dos mais famosos artistas britânicos, ao mesmo tempo que perspectiva o valor da arte e o que é ou não considerado autêntico hoje em dia. 
O BARÃO de Edgar Pêra
Baseado na novela homónima de Branquinho da Fonseca e no conto “O Involuntário”, do mesmo autor, “O Barão” retrata a vida de um barão, ditador e caciquista, arrogante e controlador, misógino e cruel, uma personagem draculesca raramente vista no cinema português.

Condições de acesso ao espaço:

ENTRADA LIVRE | Sócios Cineclube de Telheiras
Público 3€
Reservas : cinetelheiras@gmail.com
Local : Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro, Estrada de Telheiras, 146 (à saida do metro de Telheiras).
Transportes : Metro Telheiras, linha verde – Autocarros 747, 767, 778.
Data e Hora : 25 e 26 de Julho, 21:30.

NOTA
: as sessões poderão passar para o auditório caso as condições metereológicas não sejam as mais favoráveis.

Programação Detalhada /// JULHO

WORKSHOP SLAP – HAND TO HAND
Percussão Tradicional Africana
14 de Julho /// 16:00

Tendo como base a Cultura Mandingue (aqui representada pelos instrumentos tradicionais africanos, como o Djembé e os Dununs), este Workshop tem em vista a contextualização da Cultura Tradicional Africana através da aprendizagem dos ritmos, rituais e histórias tradicionais.

Este workshop assenta nos principais objectivos:

– Contextualização e Sensibilização da Cultura Man dingue;

– Aprendizagem da técnica e da linguagem rítmica;

– Desenvolvimento Criativo e de Improvisação;

– Trabalho de Grupo.

Data: 14 de Julho, às 16h

Local: ART – Associação de Residentes de Telheiras

Inscrição: 10€ *

Número mínimo: 10 inscritos

*Os participantes no workshop terão também a oportunidade de participar no espectáculo da banda SLAP, com uma pequena apresentação do trabalho realizado durante a formação, estimulando a sua aprendizagem e motivação pessoal. O preço da inscrição inclui o bilhete do espectáculo.

Mais informações e inscrições:

cinetelheiras@gmail.com / slap.handtohand@gmail.com



LITERATURA CONTOS POPULARES DE ANGOLA de M. Margarida Pereira-Muller
17 de Julho /// 18:30

Os contos tradicionais atravessam o tempo e a memória graças à oralidade tem preservado este património imaterial, fixado quase sempre de forma metafórica. Estes Contos Populares de Angola não são excepção. As fábulas apresentam uma galeria de bichos que interagem de forma muito semelhante à sociedade o que provoca em nós, leitores, como um eco de reflexão.

Este livro beneficiou da excelente cooperação de duas autoras – M. Margarida Pereira- Müller que escreveu a versão dos contos e Helena Justino, ilustradora, que se inspirou na tradição de pintura das paredes da Lunda, recorrendo às suas cores exaltantes que são autênticos hinos à natureza e à pujança da vida.

Não percam também as ilustrações de Helena Justino.

Data
: 17 de Julho, às 18:30

Local: Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro, Estrada de Telheiras, 146

ENTRADA LIVRE

TEATRO OS BOLSOS VAZIOS DE DEUS
Grupo de Teatro as Três Peças de Woody Allen
17 de Julho /// 21:30
 Eles querem conhecer-se. Ela só fala, ele só vê.
Tocam-se. Não se tocam.
– Qual a linguagem?
– As palavras do poeta José-Alberto Marques
Condições de acesso ao espaço:

ENTRADA LIVRE | Sócios Cineclube de Telheiras
Público 5€
Reservas: cinetelheiras@gmail.com
Local: Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro, Estrada de Telheiras, 146 (à saida do metro de Telheiras).
Transportes: Metro Telheiras, linha verde – Autocarros 747, 767, 778.
Data e Hora: 17 de Julho, 21:30.

Mais informações em www.cineclubetelheiras.blogspot.com | www.artelheiras.pt | cinetelheiras@gmail.com

ENTRADA LIMITADA a 14O espectadores.


MÚSICA SLAP – HAND TO HAND
19 de Julho /// 21:30
SLAP – Hand to Hand é uma banda que tem como base a Percussão Mandinga, misturando diferentes ritmos, rituais, histórias e culturas. A música Mandinga/Griot representada pelos Djembes, Dununs, Balafon e um Akai MPD Sampler funde-se com o quotidiano urbano, transportando-nos para um estado de delírio quase febril devido à sua envolvente e ritualista estrutura rítmica. Um exorcismo sonoro que se apo dera dos corpos levando-os à exaustão através de danças frenéticas.

É objectivo desta banda fazer uma analogia entre a cultura Mandinga/Griot e o presente urbano, sem deturpar a origem, através de formas de expressão artística modernas, provocando um apelo constante aos sentidos e às memórias históricas intrínsecas à genética colectiva.

Os percussionistas escondem nas entrelinhas desta sonoridade tradicional, ritmos e melodias com origem, história e significados ancestrais, característicos da cultura Mandinga, que são a resposta para transes de várias castas.

Mais do que percussionistas, mais do que músicos, os SLAP são uma herança que aviva dentro de nós as cores quentes de um passado desconhecido, transformando a urbe num campo de terra onde a poeira levanta a cada batida.

Condições de acesso ao espaço:

ENTRADA LIVRE | Sócios Cineclube de Telheiras
Público 4€
Reservas: cinetelheiras@gmail.com
Local: Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro, Estrada de Telheiras, 146 (à saida do metro de Telheiras).
Transportes: Metro Telheiras, linha verde – Autocarros 747, 767, 778.
Data e Hora: 19 de Julho, 21:30.

CINEMA BANKSY PINTA A PAREDE!
25 de Julho /// 21:30

As nossas avós sempre disseram: “mais vale tarde do que nunca”. Mesmo quando se trata do tão badalado documentário do Banksy , mítico artista urbano britânico, que, só agora, passado mais de um ano de ter sido lançado internacionalmente e de uma nomeação para o Óscar de Melhor Documentário.

É um documentário assinado pelo mítico artista de rua Banksy, que traça a história de um movimento, a street culture . O documentário segue vários artistas, alguns dos quais considerados hoje estrelas, entre os quais o próprio Banksy, que apesar do anonimato é um dos mais famosos artistas britânicos, ao mesmo tempo que perspectiva o valor da arte e o que é ou não considerado autêntico hoje em dia. 

Condições de acesso ao espaço:

ENTRADA LIVRE | Sócios Cineclube de Telheiras
Público 3€
Reservas: cinetelheiras@gmail.com
Local: Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro, Estrada de Telheiras, 146 (à saida do metro de Telheiras).
Transportes: Metro Telheiras, linha verde – Autocarros 747, 767, 778.
Data e Hora: 25 de Julho, 21:30.

CINEMA O BARÃO de Edgar Pêra
26 de Julho /// 21:30

Baseado na novela homónima de Branquinho da Fonseca e no conto “O Involuntário”, do mesmo autor, “O Barão” retrata a vida de um barão, ditador e caciquista, arrogante e controlador, misógino e cruel, uma personagem draculesca raramente vista no cinema português.

Condições de acesso ao espaço:

ENTRADA LIVRE | Sócios Cineclube de Telheiras
Público 3€
Reservas : cinetelheiras@gmail.com
Local : Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro, Estrada de Telheiras, 146 (à saida do metro de Telheiras).
Transportes : Metro Telheiras, linha verde – Autocarros 747, 767, 778.
Data e Hora : 26 de Julho, 21:30.